Alfarroba o que é, e seus Beneficios

Alfarroba o que é, e seus Beneficios, Rica em vitaminas, minerais e proteínas, a alfarroba é um alimento muito mais completo do que o cacau.

Alfarroba o que é, Ela também oferece uma boa quantidade de fibras ao organismo, auxiliando no combate ao colesterol e na redução de gorduras localizadas.

Em termos de calorias, a alfarroba e o cacau estão praticamente empatados. No entanto, o cacau tem sabor mais amargo e precisa de uma maior quantidade de açúcares para que seu gosto fique mais compatível ao nosso paladar. A alfarroba, por sua vez, já é naturalmente adocicada, além de ter um índice de gorduras muito mais baixo.

Alfarroba o que é, e seus Beneficios
Alfarroba o que é, e seus Beneficios
Alfarroba o que é

A alfarrobeira é uma árvore selvagem, nativa da costa do Mediterrâneo. A alfarroba é sua vagem comestível, semelhante ao feijão, de cor marrom escuro e sabor adocicado, utilizada pela indústria de alimentos na produção de gomas e espessantes.

O chocolate é uma das guloseimas mais apreciadas no mundo, mas também uma das mais calóricas. Para satisfazer o desejo dos chocólatras que estão de dieta, a dica é substituir o doce feito com cacau, por alimentos com alfarroba. Típica da região do mediterrâneo, a alfarroba é uma espécie de vagem, com sabor bastante similar ao do chocolate, que oferece diversos benefícios à saúde.

O pó ou farinha de alfarroba derivado da polpa da vagem torrada e moída é utilizado para substituir o cacau. Esse pó, contudo, possui expressiva diferença em relação ao cacau no conteúdo de açúcar e de gordura. Enquanto o cacau possui até 23% de gordura e 5% de açúcar, a alfarroba possui 0,7% de gordura e um alto teor de açúcares naturais (sacarose, glicose e frutose), em torno de 38 a 45%.

Na Europa, principalmente na Espanha e recentemente em Portugal, a alfarroba já é acrescentada a vários doces. É uma vagem comestível, de cor escura (entre o castanho e negro), que pode ter entre 10 e 25 cmde comprimento e demora um ano a amadurecer. Lá dentro encontram-se 10 a 16 sementinhas de cor parda, os quilates, que eram utilizadas pelos mercadores da Antiguidade, devido ao seu pouco peso e uniformidade, para avaliar o peso das jóias – daqui as palavras «Karat» e «Kilat».

vagemalfarroba

A alfarroba é um alimento saudável e de elevado valor nutritivo. Contém vitamina B1- colaboradora para o bom funcionamento do sistema nervoso, músculos, coração e melhora na atitude mental e o raciocínio – tanto quanto o aspargo ou morango, a mesma quantidade de niacina (mantém a boa condição da pele) do feijão fava, lentilha e ervilha, e mais vitamina A, que é essencial para o crescimento dos ossos e dentes, vitalidade da pele e saúde da visão, do que a berinjela, o aspargo e a beterraba. Possui ainda alto teor de vitamina B2 (responsável por extrair energia de gorduras, proteínas e carboidratos no nosso corpo), cálcio, magnésio e ferro, bem como um correto balanceamento de potássio e sódio.

A alfarroba não possui qualquer agente alergênico ou estimulante tais como a cafeína e teobromina presentes no cacau. Embora apresente um alto teor de açúcares possui um baixo conteúdo calórico devido à quantidade quase imperceptível de lipídeos (gorduras) e alta quantidade de fibras naturais. O efeito benéfico dessas fibras naturais na flora intestinal se dá pela proteção da membrana mucosa do intestino, bem como pela redução significativa da incidência de diarréias indefinidas, desordens nutricionais e incidência de úlceras.

farinha de alfarroba

A alfarroba, também designada por “chocolate saudável” é utilizada em vários processos industriais, nomeadamente na cosmética, alimentar e farmacêutica, sendo nesta última empregada apenas como espessante para dar forma a alguns comprimidos.

Estudo recentes mostraram que a alfarroba não contém glúten e possui potencial antioxidante muito elevado, semelhante ao do azeite e superior ao do vinho, o que leva os investigadores a acreditarem que os compomentes do fruto pode ser úteis no combate aos radicais livres e doenças crônicos-degenerativas.

Também reduz efetivamente a assimilação da ingestão diária do excesso de colesterol, devido ao seu teor e qualidade das fibras. Seu poder na redução do colesterol do sangue é o dobro de outras fibras.

Composição química da alfarroba:

  • Proteína bruta – 4,7%
  • Proteína digestível – 1,6%
  • Fibra bruta – 9,2%
  • Cinzas – 3,5%
  • Cálcio – 0,38%
  • Fósforo – 0,09%
  • Gordura – 0,6%
  • Açucares totais – 43,85% (glicose, sacarose e frutose)

Como consumir

Depois de ser retirada do pé, as sementes de alfarroba são removidas da vagem, torradas e moídas, dando origem a uma farinha escura e doce, que dispensa a adição de açúcares ou adoçantes. Apesar de ser utilizada no preparo de bolos, pães e bombons, a melhor maneira de consumir farinha de alfarroba é crua, pois seus nutrientes ficam mais preservados.

Gostou? Curta nossa Página no Facebook e no G+ Assim você não perde nossas novas receitas e dicas, compartilhe para que mais pessoas possam conhecer essa receita.

Seja Vip e receba as novas receitas em seu E- mail

Print Friendly

Deixe seu Comentário...